segunda-feira, 25 de abril de 2011

Musica durante a corrida: Vilã ou Ajuda?

Passado os feriados, vamos retomar nossos treinos. Embora treinei na quinta-feira e domingo. Na quinta-feira o parque do Piqueri estava cheio, lindo todo ensolarado, mas neste domingo, já estava chuvoso e um pouco frio, embora também lotado de gente bonita.

A corrida mais badalada da semana é a da Fórmula Indy. A prova terá um percurso de 8Km em uma pista, onde os carros da Indy disputam a 4ª prova do ano. As inscrições foram prorrogadas até dia 26 de Abril, ainda dá tempo, corre lá e inscreva-se.

Mas vamos voltar a um assunto que dá o que falar, gera muita polêmica: a musica durante a corrida.
Eu particularmente já falei que só consigo correr ouvindo música, porém estou diminuindo o som do MP3 e assim estou curtindo mais o clima da prova. Outra coisa que mudei foram à ordem das músicas, eu largava geralmente com uma música muito rápida, e acabava largando no mesmo ritmo, e Dalí há 2 minutos já estava ofegante. Agora saio com musicas mais lentas e dependendo da distância vou acelerando até chegar ao final com musicas mais rápidas.
Pelo que tenho pesquisado, não existe o certo ou errado, em ouvir musica durante a corrida, depende de cada atleta. E para satisfazer os que gostam e os que não gostam, tem este vídeo do Professor Claudio Bolanho, com profissionais e atletas dando sua opinião. Assista é bem interessante. 

6 comentários:

  1. Eu sou da turma viciada em música durante a corrida.

    Bjos,
    Dani
    correndoemagrecendo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Concordo você você diz que não tem certo ou errado. Dependendo do dia eu ouço música, dependendo não. Quando faço treino de velocidade, prefiro prestar mais atenção à minha respiração, já num treino longo, uma música mais suave ajuda bastante a passar o tempo.

    Boas Corridas!!

    Alessandro
    http://blog42195.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu gostava muito de correr com música, mas depois de quebrar uns 5 fones de ouvido e estragar dois MP3 e um celular com suor, DESISTI!

    Ou melhor, aprendi a correr sem, agora só preciso me livrar do documento e da chave pra corrida ser perfeita.

    Beijo
    Colucci
    @antoniocolucci

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Estou aqui retribuindo sua visita.

    E aproveitando para dar aquela espiadinha. Realmente, esse assunto é polêmico!!! Mas o importante é ter atenção e não deixar ser levado pela música, tanto para não passar do seu limite físico e perder o ritmo, quanto por questão de segurança. Este último é devido ao fato da distração fazer com que corramos o risco de sofremos acidentes, por exemplo.

    Abraços e bom início de semana.

    Bahiarun
    www.bahiarun.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olha.. vou dizer uma coisa..Eu era viciada emn correr com música. Até que em uma prova de 25km pela areia, a bateria do mp3 acabou no km 17.. A partir de então, a corrida que estava sendo um delícia virou um pesadelo: sentí enjoo, tontura, comecei a ver tudo rodar e como se tivesse fora do ar.. conclusão: andei por 400m e per´di o 5º lugar no pódio. Depois disso, comecei a correr sem m[usica e sabe d euma coisa? Minha postura melhorou e meus tempos também, pois concentrei mais na mec^nica da corridado que nos refrões de Pitty e Detonautas...rs....

    abraços e ótimos treinos

    ResponderExcluir