quarta-feira, 25 de maio de 2011

Gripado? Resfriado? Correr ou Não?

Estamos com o inverno batendo em nossas portas. Oficialmente ele começa em 21 de junho. Sabemos que com o friozinho, o treino rende, a corrida rende, ou seja, ele ajuda e muito. Mas outro inconveniente chega com o inverno, são os resfriados e as gripes.

Primeiro, para que isso não aconteça com você, tome alguns cuidados:

- Durma 8 horas por dia: Principalmente se estiver em ritmo de treino intensivo. Oito horas são suficientes para você acordar recuperado e pronto para correr.
- Permaneça em atividade: exercícios regulares aumentam a circulação das células imunológicas, que protegem contra os germes e destroem os vírus.
- Beba muito líquido: Beba água antes, durante e depois dos exercícios, treinos e/ou corridas. Se você tem um treino muito pesado, libera cortisol e a epinefrina, que são os hormônios do estresse. Então beba isotônico também, porque o açúcar deste tipo de bebida ajuda a manter a glicose no sangue, diminuindo assim resposta do hormônio do estresse, evitando danos ao sistema imunológico.
- Proteja-se: Quando estamos gripados ou resfriados, espalhamos os germes por toda parte. Então quem está bem, deve proteger-se evitando apertos de mãos e beijos. Não treine em locais fechados e durante o dia lave bem as mãos com água e sabão.

Se você acordar com olhos lacrimejando, nariz fungando e garganta arranhando, ainda dá para treinos leves. Até mesmo porque quem já não sentiu o nariz totalmente desentupido, após alguns minutos que começa a exercitar-se.

Se os sintomas acima forem acompanhados de tosse, substitua os treinos por uma atividade moderada, como por exemplo, meia hora de trote.  Neste caso, o treino deve ser em local fechado, para evitar que o ar frio irrite ainda mais nariz e garganta.

Mas se além de todos os sintomas já citados, febre e dores pelo corpo se fazem presentes, esqueça qualquer tipo de atividade. Neste caso descanse, porque seu corpo necessita de energia para combater a doença, se você forçar antes da hora pode agravar os sintomas.
Espero que ninguém fique resfriado ou gripado, mas sempre é bom revermos essas orientações. E aqui coloquei um resumo da matéria publicada na Revista Runner’s World em junho de 2010.

Amigos e Amigas de corrida irei ausentar-me por uma semana, são umas férias bem curtinhas, mas o suficiente para descansar um pouco. Ficarei sem net, portanto meu blog ficará um pouquinho parado. Mas quero agradecer a todos os amigos e amigas, que com o maior carinho, deixam aqui no meu cantinho, seus comentários tão gentis e principalmente cheios de entusiasmos.Prometo que quando voltar, visito cada amigo e amiga.  Até breve, e já vou adiantando, vou descansar, mas continuar treinando, já que dia 5 de Junho, faço os 8km da WRun.
Beijos

5 comentários:

  1. olá, Eliete. Também sou uma Eliete. Não Sobral, nem Malta. Só te conheci através das fotos do seu Jesus com o meu Antonio, lá na corrida do Graacc. Agora o meu antonio está doidinho para reencontrá-los na Wrun. Já fiz minha inscrição, embora ainda não corra. Faço só alguns trotes intervalados com caminhada, mas vou chegando (quando todos os demais estiverem indo embora), fazer o que?. Abraços

    ResponderExcluir
  2. Correr ou não? Se o corpo está pedindo pausa, eu paro. Prefiro não forçar com uma gripe.

    Boas Corridas!!

    Alessandro
    http://blog42195.blogspot.com/
    @alesilvabr

    ResponderExcluir
  3. Experimentei na pele esta sensação: com uma prova importante (e longa) pela frente, fiquei mais de uma semana afastado devido à um resfriado forte.

    Cuide-se e bons treinos!

    Claudio Rinaldo
    http://numerodepeito.blogspot.com/
    http://cicloviadigital.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olha com gripe eu também paro. Melhoras para você. um abraço e bons treinos...

    http://nerdcorredor.blogspot.com/

    ResponderExcluir