segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Câncer de Mama

Descrição: cid:C95E57BF-E973-4CFE-A3BA-A967E519DF24





"Encontrem uma cura antes  que cresçam os meus seios." 
Uma pequena solidariedade Tudo  o que se pede é manter-lo circulando 
Descrição: cid:1AADF9F2-2757-4357-B10A-7927032632BB




Nem que seja  a uma só pessoa ... 
Em memória das que morreram de câncer ou seguem vivendo com ele... Uma vela não se perde por iluminar outra. Por favor mantenha a vela acesa!!!
Descrição: cid:7F5821AD-3BDE-40EB-9EF2-1B2B7F50BB47

Neste final de semana em São Paulo, aconteceu a 19ª Edição da Caminhada e Corrida contra o Câncer de mama. Todos devemos fazer a nossa parte, nos cuidando ou participando. E não só as mulheres, em cada 100 casos de câncer de mama, um é masculino.
Neste domingo eu também fiz a minha parte, corri 5km e surpresa, foi o meu melhor tempo.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

O Nosso Forest Gump

"Como o personagem de Tom Hanks em Forrest Gump, seu filme preferido, Adão não corre por dinheiro ou medalha. Corre porque a endorfina produzida pelo seu corpo gera um prazer surreal. Corre, também, porque a genética foi generosa com ele. Seus músculos têm mais fibras vermelhas que brancas. Enquanto as brancas favorecem os velocistas de curta distância, as vermelhas, de contração mais lenta, ampliam a resistência – o que é ótimo para quem se esforça por muito tempo seguido. “Pessoas com predominância dessas fibras são dotadas para provas como as ultramaratonas (42 quilômetros ou mais)”, diz ­Turíbio Leite de Barros Neto, fisiologista com passagem pela Seleção Brasileira de Futebol e, hoje, coordenador do Centro de Medicina da Atividade Física e do Esporte, ligado à Unifesp."
Este é um pequeno trecho da matéria veiculada pelo site da  "Época São Paulo". A história de Adão Miranda da Silva, que mora a 54 quilometros do trabalho, e como treino, uma vez por semana, faz o caminho de volta correndo.
Pessoal vale a pena dar uma linda na matéria, é impressionante e apaixonante. 

Forest Gump


 Adão Miranda da Silva

domingo, 21 de agosto de 2011

Marcha Soldado ou CORRE SOLDADO?


Hoje participamos de mais uma prova, curta, foram só 3.1Km. Mas valeu para reafirmar a paixão que é este esporte. Hoje no Brasil temos em média 365 provas de corrida, o que vale dizer: temos uma prova para cada dia do ano. 

A prova de hoje foi a  Caminhada A.C. Camargo - Saúde do Homem - 9ª edição da Corrida Troféu Duque de Caxias. E contou  com duas distâncias: 10km e 3,1km (corrida ou caminhada) disputadas nos arredores do Parque do Ibirapuera. O diferencial hoje foi a participação do Exército, já que Duque de Caxias foi proclamado pelo Governo Federal em 1962 : “Patrono do Exército”, e o dia de seu nascimento 25 de Agosto é considerado o Dia do Soldado.  E me dêem licença de aqui  homenagear o aluno mais gato da Escola  Preparatória de Cadetes do Exército.



É Duro Ser
Mãe Coruja Não?



E os parabéns à todos os corredores, já que não foi fácil em um domingão chuvoso, acordar cedo e ir correr com a temperatura batendo a casa dos 10ºC. Valeu pessoal.Seguem as fotos do grande evento de hoje:



Pessoal da Exercitt,
sempre mandando bem!



 

Agora Fazer tudo que o
Mestre  Ricardo Mandar
E lá vamos nós
ao alongamento



Esses 2 figuras
todos já conhecem!

Agora chega de pose
e vamos ao Que Viemos: CORRER!








 O Clima estava Frio,
Mas A Galera Estava
Bem Quente e Animada! 
Olha Só Quem Encontrei?

E Aí A Minha Corredora Preferida
Lucina Ratinho,
Hoje curtiu o outro lado da Prova:
A Tietagem!


Meus Meninos Na Chegada!


Nossos Amigos: Antonio Fã nº 1 do Kolô
 e A Chará Eliete

domingo, 14 de agosto de 2011

Dia de Festa!!!



Domingão  especial: Dia dos Pais e também dia da Primeira Edição da Corrida Criança Esperança realizada pela Rede Globo, com o intuito de arrecadar dinheiro para o projeto de mesmo nome, e que repassa todo valor arrecadado para a Unicef. 
Por ser uma corrida beneficente, a logística foi diferente, não houve premiações em dinheiro e também  não houve cronometragem, pois sem chip a inscrição ficou mais barata, permitindo assim um número maior de participantes e consequentemente um valor maior arrecadado. 
E como não poderia deixar de ser, Eliete, Jesus e Kolô não faltaram. Muita festa, muitas fotos e muita gente animada também faziam parte da festa.

Média de 2.000 Corredores na
Cidade de São Paulo

Aliás, 2001 corredores,
o kolô também conta.

 O alongamento do Kolô

As Figuras e o "Figura"

Durante o percurso de, de, de, aqui um parênteses pessoal: A Rede Globo primeiro anunciou um percurso 6Km, depois 4Km e nas inscrições o percurso era tido como de 4km à 6km. Eu particularmente acho que o percurso foi de mais ou menos uns 4,5Km. Então voltemos a nossa corrida, durante o percurso o tempo fechado favoreceu aos corredores de elite e também à nós, simples mortais. Embora beneficente e com uma taxa de inscrição baixa e justa, tinha agua no percurso. Fica aí um aviso aos organizadores em geral: Não precisa esfolar o corredor arrancando valores exorbitantes de inscrição, dá para fazer um básico com organização e bom apoio à todos. 

Sem Sol ajuda, Mas que o
Astro Rei faz falta, faz!

Durante a corrida encontrei várias surpresas, boas e ruins. primeiro a ruim: uma subida que não era subida, para mim era uma ladeira (detesto subida, boba eu né?). 


Ladeirãããão
Agora as surpresas boas: Encontrei minha irmã, a Eliane que chegou um pouquinho atrasada e não nos encontramos na largada. Mas o mais importante é a sua volta às corridas. Sai da frente kenianas a dupla Sobral e Sobral agora vai arrasar.



Olha quem eu encontrei também, fala a verdade se não é tudo de bom ver meus amores correndo. Arrasa Jesus, Arrasa Kolô!



Como o Kolô também participou da festa, resolvi montar um pódio especial, e aí está a colocação:
1ª Colocada - Linda e charmosa - Laika - com um tempo de 8m:36seg.
2º Colocado - O meu Preferido - Kolô - com um tempo de 8m.46seg
3º Colocado - O fofo Pepper - com 8m:49seg
A Vencedora
2º Colocado


O 3º Colocado















Muito nervoso com a segunda colocação, o nosso querido Kolô desabafou e confessou, que chegaria em primeiro se não fosse o seu "coelho", parece que atrapalhou um pouco. Assim não dá né Jesus, o Kolô  também nos confessou que passará a correr sózinho!!! Te cuida Jesus.


Kolô recebendo sua
Medalha, Medalha, Medalha

Eta Família Bonita!


E a festa terminou com muitas fotos. E eu termino desejando à todos os Pais um excelente domingo e Parabéns pelo seu dia, embora todo dia deva-se comemorar e homenagear esses homens tão queridos.

Kolô e sua amiga Karine

Yeda e Lu Saito

Precisa de Apresentação?

De Pernambuco Para o Mundo

O Assédio!

domingo, 7 de agosto de 2011

O Antes e o Depois, em Nossas Vidas!

Outro dia escrevi aqui no Feliz Correndo, que este seria meu lema, e iria explicar por que. Então vamos a uma história, que para muitos pode parecer sem importância, mas para mim é um divisor de águas. Ela marca o meu passado e desenha o meu FUTURO.




No Réveillon de 2008, mais precisamente dia 31 de dezembro de 2008, resolvi fazer algo que nunca havia feito: resoluções, mudanças e promessas para o ano novo. Percebi que a mais importante seria aquela que irá me permitir conhecer meus netos: “Parar de Fumar”. Uma das decisões mais difíceis em minha vida, ou melhor, a decisão não foi difícil foi sábia, difícil seria cumprir, já que fui fumante por longos 30 anos. Mas já estava na hora de dar um basta naquele suicídio em câmera lenta. 
Feliz 2009



















E dia 01 de janeiro de 2009, lá estava a Eliete sem fumar, e assim foi dia 2, 3, 4, 5....... E hoje completo 949 dias (falta agosto) sem cigarro, 2 anos, 7 meses e 7 dias sem um cigarrinho sequer. Você me pergunta: foi fácil? Foi difícil? E eu lhe respondo: Foi difícil demais, pode acreditar esta p...a também dá crise de abstinência, já estava chutando criancinha na rua. Mas sem minha família não teria conseguido, aguentaram firme minhas crises, foram maravilhosos, mesmo porque o benefício era para todos.

Descobri no inicio que cigarro não tira a fome como várias pessoas dizem. O cigarro lhe tira é o paladar, te intoxica e então não se tem fome. E parando de fumar a gente come, come e come. Em Agosto de 2009 meu peso havia subido de 68 kg para 80 Kg. E neste mesmo mês participei da minha primeira corrida (A foto abaixo é desta corrida, não gosto nem de olhar). Quer dizer caminhei na minha primeira corrida, fiz 5 km em 56 minutos, um horror. Ainda não era a hora e naquele ano não participei de mais nada.



Em 2010 comecei o ano com um peso extremamente elevado e perigoso, estava com 83 kg. Fiz dieta, participei meio a contra gosto de 3 provas, e terminei 2010 com 80 kg. E foi só isto, também ainda não havia chegado a minha hora da virada.
Então começou este ano de 2011. O ANO DA VIRADA. Com a mesma determinação que tive para largar o cigarro, comecei a correr na esteira, aí fiz uma prova aqui, outra ali e a partir de março comecei a correr feito louca. Não correr feito louca quebrando todos os recordes, mas louca por correr sem preparo e sem orientação. E quando comecei a ver meu peso diminuir, colesterol diminuir, o pré diabetes ir embora. E com a alegria que todos diziam estar estampada em meu rosto, percebi que havia encontrado o que me faz feliz.


Pois bem hoje quando digo as pessoas que sou corredora, e elas me perguntam sobre tempo respondo: Não corro preocupada com o tempo, corro curtindo toda a prova, desde a entrega do kit até a hora que chego em casa e coloco minha medalha em seu devido altar, quer dizer lugar. Corro me divertindo e feliz, ou melhor, nesta altura da minha vida só posso dizer que sou “Feliz Correndo”.
A corrida é o meu suporte, é a minha medicação, é a minha terapia. E estou fazendo tudo certo, exames médicos, assessoria esportiva, reeducação alimentar, leio tudo que cai na minha mão a respeito das corridas e agora também comecei com a musculação. E o principal, meu peso: 72 kg e baixando, baixando e baixando, quando chegar nos 65 kg estarei contente.
Então já que me intitulei “A corredora”, nada mais justo do que fazer uma homenagem a esta fase de minha vida, que espero não passe, mas se passar já valeu, e muito.
Pois bem, adivinhem qual foi minha homenagem? A seguir assistam e descubram!




Linda não? Minha 5ª tatto, só poderia ser uma corredora. E a nossa vida é assim, estamos sempre nos superando, e toda superação merece uma homenagem. E você? Como tem homenageado suas vitórias? As que te fazem chegar na frente, ou as vitórias pessoais, aquelas que só dependem de você, da sua superação?