domingo, 27 de novembro de 2011

Correr, Correr, Voar, Voar!!!



"A vida é Movimento-Mexa-se" Com este nome a Corpore hoje mais uma vez ganha os nossos parabéns.Com uma organização impecável, a Corpore organizou esta corrida na Cidade de Santo André. 


Em relação a Corrida deste domingo, vou apenas postar as fotos, para depois relatar a emoção maior do final de semana.
A Galera da Exercit

Jesus e Kolô antes de correrem

De acordo com a organização:
 20 mil pessoas

Eliete = 10Km
Jesus = 5 Km
Kolô = 5 Km (detonado)


Kolô sempre fazendo amigos.
Aliás, vou começar a declarar
a conta bancária do moço, quem sabe?


E em relação aos kits, hoje só com carrinho de feira.
 Muuiiita coisa!



Agora a emoção maior ficou por conta do sábado. Porque a vida é assim, quando a pessoa não tem o que fazer, ela inventa de?  "Pular de Para-quedas". 

Foi a minha primeira vez, de muitas, tenho certeza, pois a emoção, a liberdade e a adrenalina que dá, não tem como explicar. Pulamos eu, Lilian minha filhota que mandou muito bem, Taty e Guilherme, amigos da Lilian, que também fizeram bonito.

Compramos os saltos, através do site de compras Groupon, e saltamos com a Escola Brasileira de Paraquedismo. Aliás aqui um parênteses: Dizem por aí que as reclamações com sites de compras, estão batendo recordes. Em relação ao site tudo ok. Em relação a EBP só os nossos parabéns, pessoal muito bacana e  atencioso, nos deram todo apoio e segurança que precisávamos em nosso primeiro salto. 

Mas as fotos mostram melhor a grande emoção.
Da Esquerda p/ direita: Lilian, Eu, Guilherme e Taty

Medo?  Nãããõoo!
APAVORADA

Lilian Treinando.

Tudo pronto, vamos para o avião.
Avião que avião?

Este troço aí é que nos leva para o salto,
dá mais medo que o próprio salto. 

Porém o piloto do teco-teco, muito habilidoso.

Aquele pontinho lá em cima sou eu!
Aliás o tempo fechou, nosso salto foi o último.

Aqui não tinha mais volta.

Perfeito, maravilhosos.

Dá uma olhada no visual!

Quer saber o que falavamos?
Quando será o próximo salto?

É POR ISSO QUE SEMPRE DIGO: SOU FELIZ CORRENDO E AGORA SOU FELIZ VOANDO!




domingo, 20 de novembro de 2011

Corrida com "Pit Stop"



Começo lembrando de uma música que diz assim: “Dizem que sou Louco por eu ser assim”. Foi o que mais ouvi nos últimos dias: “Você é louca, participar de duas corridas em seguida?”

Explico: Se me propus  a correr a São Silvestre dia 31 de dezembro, tenho que treinar certo? É o que tenho feito, porém tenho que treinar os 15 km equivalentes da São silvestre. E até hoje só fiz corridas com no máximo 10 km. Então nada mais lógico e obvio do que participar de uma prova de 5 km e em seguida uma prova de 10 km. Pois foi exatamente o meu desafio deste final de semana. Agora só um segredo: “No meio tinha um Pit Stop esperto tá?”
Um soninho reparador de 6 Horas, Ok?
No sábado eu e o Jesus participamos da Fila Night Run, a prova mais gostosa e bonita do ano. Além da organização que nesta prova tinha até Voucher na retirada do kit, e assim podemos já na retirada pagar o estacionamento, estacionar no CEAGESP e de lá fomos levados até o local da prova de ônibus fornecido pela organização da prova. Portanto já chegamos para a festa sem a preocupação de estacionar carro, e principalmente a de deixá-lo na mão daqueles flanelinhas detestáveis.

Eu e o Jesus tivemos particularmente uma surpresa agradável, a de reencontrar 02 antigos vizinhos, a Claudimara e seu marido Weber, casal muito bacana. E ele na sua primeira corrida todo preocupado, quando deu a largada voou na frente e foi embora. Valeu menino, você estava era escondendo o jogo né?

Só vou ficar devendo as fotos da corrida do sábado. Este é um assunto que a pessoa aqui, não quer comentar muito. Mas só para finalizar uma pequena explicação quanto à falta de fotos: A anta que vos escreve, apagou tudo. Ficou só esta para provar que é verdade, eu e o Jesus corremos na Fila Night Run do dia 19 de Novembro.
















Depois de ter dormido 6 horas, lá vamos nós a caminho da prova do domingo. A terceira etapa do Circuito Athenas, com percurso de 10 km e 21 km.   
5:30hs de "La matina" Tem que gostar muuiitto!

O elogio nesta prova fica também por conta do estacionamento. Local amplo e de fácil acesso, valor um pouco salgado, mas volto a dizer, prefiro pagar   R$30,00 para a empresa de Valet, do que R$ 20,00 para marmanjo aproveitador.



















A corrida foi gostosa e fácil, percurso totalmente plano, pois foi toda a sua totalidade na Marginal Pinheiros, sem viadutos para subir, descer, subir e descer.
Cheguei bem e tranqüila, já sei que consigo fazer os 15 km da São Silvestre, só não poderei fazer o Pit Stop, se não só termino no ano de 2012. 


Sabe aquele ditado:
 Devagar se vai ao longe, devagar eu chego lá? Sou Eu!

Um beijo aos meus amores que me prestigiam:
Jesus e Kolô!

Fala sério:
 Duas Medalhas, medalhas, Medalhas




A última foto tinha que ser dele né?
Uma excelente semana à todos, e vamos treinar, terminar o ano em grande estilo. Próxima prova domingão que vem, "Mexa-se", 5º Encontro COOP de Corrida - Santo André-SP -27/11/2011. Ainda dá tempo, inscrições no site da  Corpore.


domingo, 6 de novembro de 2011

A Polêmica São Silvestre!


A primeira “Corrida Internacional de São Silvestre” ocorreu no Brasil em 1924. Ela foi idealizada e organizada pelo jornalista Casper Libero, que em visita à França, ficou maravilhado ao ver atletas em uma corrida noturna, carregando tochas acesas. As primeiras edições ocorriam sempre à noite. 

O percurso era de apenas 8,8km, os corredores não podiam beber água durante o percurso, e as mulheres só passaram a participar da “São Silvestre” no ano de 1975, pois naquele ano a “Organização das Nações Unidas – ONU” instituiu o ano como “Ano Internacional da Mulher”.

Em 1.991 para que a prova tivesse reconhecimento internacional, precisou passar por adaptações, como extensão do percurso para os atuais 15 km, e não seria mais disputada no período noturno, passando a partir daí a integrar o calendário internacional de provas de rua.

Agora o que Casper Líbero e nós não imaginávamos, era a tamanha confusão que iria dar, mudanças como as ocorridas neste ano. O tão tradicional percurso foi mudado, e tudo por causa da festa de Réveillon da Band. 

A chegada na Avenida paulista este ano foi transferida para o obelisco no Parque do Ibirapuera. E agora nova mudança, a descida da Consolação também foi tirada do novo percurso. 

Faltando poucos dias para uma prova tão fascinante, reconhecida internacionalmente, instala-se esta confusão. Mudanças não podem ocorrer nas vésperas da prova.
Uma das estratégias do corredor, é a visualização do percurso, várias vezes e vários dias antes da prova.  Neste caso vamos visualizar várias opções, a última está aí, quentinha, saiu dia 4 de novembro.