segunda-feira, 19 de agosto de 2013

A Primeira Meia Maratona!

Refeita da grande emoção de correr pela primeira vez uma meia maratona, já posso contar como foi esta façanha.
Em primeiro lugar só quero contar que quando via pela TV os atletas na Meia Maratona do Rio de Janeiro, ficava boquiaberta, pois o visual, a paisagem é de tirar o folego............. embora corredor não possa perder o folego.

E no mês de Abril de 2013, mais precisamente no dia 23, lancei a seguinte mensagem: Meia Maratona do Rio de Janeiro em 18 de Agosto, vamos? E não é que o povo topou. Então reservas de voo, hotel e lógico inscrição da corrida feita, vamos treinar, treinar mente, treinar corpo e o que mais der para treinar.

E o dia tão esperado chegou. Embarcamos eu Jesus e desta vez a Lilian (filhona) nos acompanhou. Claro todos os demais foram também O Rio de Janeiro nos recebeu de braços abertos, e como sempre digo: continua lindo. Apesar do friozinho ou como dizem os cariocas "freisssquinho", mas deu para alguns passeios.

No dia da corrida, aliás na noite anterior foi difícil conter a euforia, eu não acreditava que estava perto de correr uma meia maratona. E é lógico aquela frase que todo correr diz, veio a minha cabeça: o que é que estou fazendo aqui. E chegou o grande dia, eu particularmente ria a toa, tamanha a alegria e expectativa. Não vou contar muito, pois prefiro mostrar as fotos e ir narrando, mas o final da corrida  -sim eu terminei-  o final foi de pura emoção. Do quilometro 20 até o fim, fui pensando em muitos momentos de minha vida, momentos alegres, tristes, de superação como abandonar o cigarro e começar a correr, e não me contive, cruzei a linha de chegada chorando. Se bem que sou muito emotiva, chorei até quando no filme, o King Kong morreu, mas sei que desta vez repito o meu amigo: "SE CHOREI OU SE SORRI, O IMPORTANTE É QUE EMOÇÕES EU VIVI"

Mas vamos deixar de lero lero e mostrar a emoção desta façanha. 

Programa delicioso.  Turistas...  tudo em família!
Confeitaria Colombo

Ilha Fiscal

Dois Jesus: O "cidinho" em primeiro plano e
Cristo Redentor em segundo, bem segundo plano! 

Escadaria Selaron, feita por Jorge Selaron (chileno).
A escadaria tem 215 degraus e
leva ao Convento de Santa Tersa.
Palco de vários videoclipes, inclusive o de
Michel Jackson!

A família Feliz Correndo,
e meu amigo Jorge Ultramaratonista

E quem disse que não teríamos fotógrafo paulista.
Olha o Tião aí!

Galera de Minas Gerais!

Pura alegria: Kit retirado

A feira da Meia Maratona Internacional do Rio, deixou na minha humilde opinião, um pouco a desejar. Apenas a Adidas tinha seus produtos à venda. Em São Paulo, sempre tem uma empresa grande e outras pequenas, o que nos traz grande variedades de produtos 

Enfim conheci meu amigo carioca Jorge Ultramaratonista. E também arranjei mais um "Cidinho", olha o Jefferson ali atrás!

Mais uma amiga de Fortaleza: Cacilda!

E encerramos o sábado com o nosso particular
jantar de massas!

E o grande dia chegou:
6 da matina, no café maravilhoso do Hotel!
Aliás Jesus ama esse hotel, especialmente pelo seu café da manhã!

Todos prontos!

Reconhecem essa turminha aquecendo?  Aí estão exatamente o 1º lugar masculino: Geoffrey Mutai e 1º lugar feminino Nancy Kipron

Pessoal chegando

Com a bandeira, minha amiga de Recife/PE e de boné azul, minha amiga do Maranhão. Aliás nunca vi tanta gente de fora do local da corrida, como nesta. A corrida tinha representante de todos os Estados, e muitos estrangeiros também. 

Quando chegamos, era esta a paisagem...

Um minuto depois...

Maior "Pé d'agua"

Os amigos da Ecobel!

Já no meio da galera, para a largada.

20 mil corredores! Uma Festa.




A paisagem é muito linda.
Só estando presente para ver.


Diríamos que aqui, eu já tinha corrido 5 Km,
ainda estava estasiada!

Entrando no Leblon!

Ainda, meio boba!

Pequena homenagem ao meu Cadete Sobral!

Ai alguém falou: - Na próxima corrida, você Eliete,
vai sem maquina, pois seu tempo deve ser muito bom!
Não  tirem minha diversão,
durante a corrida, heheheheh!
Foi só um beijinho no poeta!

Até turistas da Austrália, pararam para ver a corrida passar...

Entrando em Copacabana!

Um dos orgulhos do Rio de Janeiro

Se vocês me permitem: Pelo Brasil inteiro ativistas do Crueldade Nunca Mais, protestaram. em São Paulo para o qual fui convidada, foi no vão livre do MASP. E no Rio em frente ao Copacabana Palace. Como não compareci, fica aqui minha contribuição!

Chegando em Botafogo.

Vista linda!

Aqui, mais ou menos quilometro 15.
Já estava meio ou inteira detonada.

O Rio de Janeiro continua lindo...

Sem palavras.

Encontrei Jesus!!!

Também encontrei Sr. Roque,
meu querido vizinho. Participa desde a 4ª edição!

Aqui faltavam poucos metros, já chorando de emoção, quando ouvi a filha querida gritando: Vai Eliete; a irmã querida gritando: Vai Corinthians e o amigo querido Cleber gritando: Vai Eliete, parabéns!!!


Sem dúvida uma das mais almejada: MEDALHA, MEDALHA, MEDALHA

Nossa amiga Rita, que fez questão de nos esperar na 
chegada para as fotos. 
Uma carioca muito simpática, namorada do nosso amigo Wally!

Jesus e o Paulo, nosso vizinho da ZL!

Num gesto de muito carinho,
Jefferson deu de presente sua medalha
 para a sobrinha querida. 

E para terminar: mandamos bala na feijoada!



E uma deliciosa caipirinha.
AGORA PODE!

Sem duvida uma prova muito gostosa e acima de tudo muito emocionante. Aliás a viagem foi maravilhosa, a família e amigos juntos, não tem preço. Quanto as dores pós prova, posso dizer que pensei que seria pior. Tá tão fraquinha que já estou até aceitando a sugestão do Jesus: Próxima meia é a das Cataratas!!!

E por fim só agradecer, o maridão que fez a prova para me acompanhar, até pensou em parar, só não o fez por respeito a mim. Eu sabia Jesus que você não iria me decepcionar, parabéns você também mandou bem. E a família e amigos, que nos esperaram na chegada, dando a maior força. VALEU!

E como dizia Cazuza: O tempo não para... Então ótima semana aos amigos e bons treinos!

Observação: Muitos estão perguntando qual foi o tempo. E eu digo agora: Nublado, chuva antes da largada e apesar de nublado, muito quente durante a corrida. hehehehehehe.....


17 comentários:

  1. Meus PARABÉNS Eliete e Jesus por mais essa tão sonhada conquista.

    Show de bola hein.

    Logo menos quero completar uma meia maratona tbm.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Um grandioso evento, sem sombra de dúvida !! Parabéns, meu carinho.

    ResponderExcluir
  3. Que beleza minha amiga Eliete! Correr é isso: curtir, curtir, curtir! você e Jesus "arrasaram"! Parabéns! Parabéns! Parabéns! Penso como você: que importa o tempo! O importante é participar e se divertir. Quem sabe qualquer dia destes você lança outro desafio e sugere ao grupo participar de uma corrida em Salvador! Garanto que não vai se arrepender, pois nossa cidade também é linda! Um forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada meu amigo, e saiba o senhor é um dos meus exemplos. E sem duvida, Salvador esta nos meus planos, creio que ano que vem! Abraços

      Excluir
  4. Belo passeio, belas imagens e bela prova. Parabéns pela estreia nos 21k, Eliete. Que venham outros desafios, meias maratonas ou até algo mais. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fabio, o algo mais deixo para feras como você! Abraços.

      Excluir
  5. Uow!!! Meus parabéns!! Dia 6 de outubro vou fazer minha primeira também!! Curta muito esse momento da sua vida!! Abração!

    Paulo
    Corre Coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. E já que vai fazer sua primeira dia 6, um conselho, curta cada metro corrido, pois é emocionante demais.
      Uma excelente prova - Abraços

      Excluir
  6. Parabéns Eliete. Correr na Orla do Rio é maravilhoso. Tive o prazer de correr a maratona do ano passado e achei fantástico.

    Abraço e bons treinos.


    tutta-Baleias/PR
    www.correndocorridas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhoso é pouco, muito, muito lindo.
      Obrigada e bons treinos e corridas.
      Abraços

      Excluir
  7. O que menos importa é o tempo, a diversão e a satisfação em completar mais um desafio é o que vale ... é o que fica na memória.

    Parabéns pelo relato, lindo demais. Pena não ter encontrado você!

    Grande abraço e bons treinos

    Drica Peixoto
    http://correndonaviagem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Agora caiu a ficha...21 quilômetros e tantos metros........Fizemos... Falei que seria difícil, mas não impossível, fizemos e pronto. Agradeço a todos pela força, não nego nos quilômetros 15,16,17,18 pensei em desistir, MAS......em honra à você (Eliete) em respeito aos demais que foram conosco, Jefferson, Cleber, Maurício e a mim mesmo completei. Honrado ainda com a presença do Sr. Roque nosso vizinho, que deu o maior apoio (78 anos) completei, e QUERO MAIS, talvez mais umas 100 meias, e quem sabe uma inteira, VAMÔ QUE VAMÔ......

    ResponderExcluir