quinta-feira, 27 de abril de 2017

Ótima Notícia para os seus Joelhos!

A matéria foi veiculada no site UOL. A pesquisa derruba o mito, de que correr afeta os joelhos. Eu mesma, sinto uma diferença incrível quando fico sem correr ou treinar, tenho artrose e é uma dor terrível, o que melhora muito com as corridas.
Reproduzo abaixo a matéria, e já dizendo que os créditos são do site UOL juntamente com a ATIVO. 



"Em 2015, foi publicada uma revisão de literatura na Revista Britânica de Medicina do Esporte mostrando que a corrida não é um esporte que acelera a artrose, ou desgaste dos seus joelhos. O estudo reuniu informações de outros dez artigos.

Em oito desses artigos não houve aumento das chances da doença. Em uma publicação houve melhora dos sintomas em pacientes com artrose e, em apenas um estudo, feito com maratonistas de elite, as chances de artrose foram aumentadas.

Devemos lembrar que esses atletas correm até 200 km por semana, com intensidade muito alta, o que está longe de ser a nossa realidade, meras mortais.

No entanto, nenhum dos estudos avaliou em nível molecular o que acontece durante a corrida. No final do ano passado, um novo estudo, feito por pesquisadores de Utah, chegou à uma conclusão interessante. Nele, 15 corredores foram avaliados da seguinte forma: foram coletadas amostras de sangue e de líquido sinovial do joelho, através de punção articular.

Em seguida, eles foram encaminhados a uma esteira, onde correram por 30 minutos na velocidade que desejassem. Foram coletadas também amostras de um grupo controle que permaneceu em repouso durante todo o estudo. Ao fim dos 30 minutos, tanto o grupo que correu quanto o grupo que permaneceu em repouso tiveram as amostras coletadas novamente. O objetivo era medir a quantidade de substâncias inflamatórias dentro e fora da articulação, e avaliar suas variações após o exercício, em comparação com o grupo controle.

Pela dificuldade técnica de puncionar líquido articular do joelho, apenas seis pessoas tiveram todas as quatro amostras coletadas, havendo, dessa forma, poucos indivíduos para a análise. No entanto, todos os corredores apresentaram redução dos mediadores inflamatórios nos joelhos.

As taxas da citocina GM-CSF reduziram de uma média de 10.7 para 6.2, assim com a interleucina IL-15, que caiu de uma média de 7.6 para 4.3. Além disso, corredores apresentaram redução das taxas da COMP (cartilage oligomeric matrix protein), proteína em geral elevada nos pacientes com artrose. Essas reduções não foram observadas nos pacientes que permaneceram em repouso.

Apesar da baixa amostra do estudo, ele serve como luz para diversos outros que certamente virão no futuro. A corrida, antiga “vilã” do joelhos, pode na verdade ser uma grande aliada. Cada vez mais artigos mostram que correr não faz mal e, quando bem prescrito, esse esporte previne inúmeras doenças.

O que vejo no consultório, como especialista em joelho, é que pacientes que praticam exercícios apresentam muito menos dores em seus joelhos que os sedentários. Portanto, treine com segurança, bem orientado e não tenha medo da corrida."

Então é isso, queridos do "mundo corrístico" bora treinar, bora correr, bora fazer alguma coisa, só não pode ficar parado, porque dói...

quarta-feira, 26 de abril de 2017

A Caçula Mais Querida de São Paulo!


Olá Pessoal! A SPCITY MARATHON, vem à São Paulo pela segunda vez, e já foi declarada a melhor corrida do calendário. Dê uma olhadinha no video baixo, com o percurso tanto da maratona como da meia.






E aí? encantou-se? Então tá esperando o que? bora fazer a inscrição, ainda dá tempo, acesse AQUI, e nos vemos lá, vou fazer a meia maratona. 

E você que vai correr a 1ª Etapa do Guaruja/Prais do tombo, poste suas fotos no facebook do FELIZ CORRENDO

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

CORREDOR X PIPOCA.

Olá meus corredores queridos. Depois de alguns percalços da vida, voltamos a nos comunicar. E o assunto não poderia ser outro, já que esta na moda falar dos PIPOCAS

Ok!  Você dirá que sempre se falou dos pipocas. Sim, sempre se falou, mas nos últimos dias, mais precisamente depois da São Silvestre, o assunto tornou-se o número 1, entre os corredores.

Antes do "Feliz Correndo" entrar e dar a sua opinião sobre o tema, vou citar aqui algumas opiniões, de corredoras  conhecidíssimas e queridas de todos nós e grupos ou blogs de corredores:

ELIETE MALTA IKEDA
"Este post é só para um debate, pra saber das pessoas o que acham? Não tenho intuito de arrumar confusão, e nem discussão Bora debater então?Organizadores que estão tão preocupados com os Pipocas Bora organizar Corridas que os Atletas decidem o qto vão pagar? Pelos kits vão saber o qto valem? Simples assim e não ficam enfiando a faca e só pensando nos lucros$$$$$
Se por acaso algum organizador falar que não é por causa do valor das inscrições Põe uma dessas Corridas no Valor de 10 reais, pra ver se vai ter um Pipoca se quer Quero só ver algum organizador proibirem alguém correr sem pagar, é uim heim a rua pública Volto a falar, Eu nunca corri na pipoca, mas não sou contra quem corre Atletas sabem como podem resolvido isso? Ninguém mais pagam nenhuma inscrições se quer O povo não.se uniram e colocaram os políticos em geral pra fora
Então os Atletas tbm tem poder
Atletas vem pra rua, atletas vem pra rua".


REDE ATLETA
"A Yescom vai dificultar a participação de corredores "pipoca", aqueles que não fazem a inscrição mas correm as provas.
Segundo a organização, serão impedidos de entrar na área de largada, impedidos de pegar hidratação e não terão acesso à chegada da prova também.
A Rede Atleta espera que a Yescom melhore a qualidade de sua prova com aqueles que fazem a inscrição. Temos ciência que o corredor pipoca onera a corrida e causa transtorno à organização, porém, agora que estará mais difícil a participação dos mesmos, algo deve melhorar.
Também é necessário ter maior fiscalização com as inscrições que corredores fazem em nome dos avós e pais que são beneficiados pela Lei do Idoso e fiscalizar a cópia de números de inscrições que alguns grupos de corridas fazem aos montes.
Bora correr!!!! Mas correr, legalmente!"


AMANTES DA CORRIDA: 
Aqui vocês vão me desculpar, mas perdi o post que a Administradora do grupo -Luciane Casanova, outra figurinha carimbada e querida de nós corredores- falou. 
Mas entre no grupo, você dá uma procuradinha, se não achar, pelo menos vai amar este grupo.
BLOG REVIEWRUN: 
Esse também vale a pena. Entre no blog e conheça. Ótimo post do Daniel Xavier, acesse e fique sabendo sobre a "1ª Corrida Pipoca de Belo Horizonte"

Agora a opinião do "Feliz Correndo" : Não sou contra o pipoca, desde que ele não me incomode. Creio que seja a opinião da maioria. Explicando: A corrida "São Silvestre/2016" organizada pela "Yescom" foi marcada por erros inadmissíveis, pois pagamos um valor alto para correr e com uma média de 10 mil pipocas, tivemos uma largada interminável e com falta de água. A falta de água, foi o pior de tudo, pois São Paulo teve uma temperatura de 35°, em plena 10 horas da manhã, no dia da prova. Se faltou água por quantidade insuficiente, se faltou água porque os Stafs esconderam, não sei, só sei que a Yescom colocou a culpa nos pipocas, e eu que paguei fiquei sem água.

Na corrida do aniversário da cidade de São Paulo, o problema foi outro. Com 10 mil corredores inscritos, não se conseguia fazer o alongamento proposto pelos organizadores, pois a quantidade de pipocas era uma coisa do outro mundo, tenho certeza que tínhamos ali uns 5 mil pipocas. E a largada que demorou quase 10 minutos até o pórtico? Você via pipoca de todo jeito, sozinho, acompanhado: o amigo(a), namorado(a), esposo(a), que faz a inscrição mas leva seu par para acompanhar. E o mais vergonhoso, a turma tem uma equipe e corre de pipoca com a camiseta da 
equipe,

monstruoso e vergonhoso né?

Pois bem. Na minha opinião temos algumas sugestões a fazer: diminuir o valor de inscrição ou cobrar 1 real a mais na inscrição e assim contratar e orientar stafs para que não tenhamos pipocas na largada e na chegada, e é só o que dá para fazer, pois a rua é pública, qualquer um pode correr na rua.

E você o que acha? tem sugestões? Deixe nos comentários opinião e sugestões, pois as organizadoras resolveram nos ouvir, marcando reuniões com blogs, grupos e assessorias, para que possamos juntos resolver este problema.




E que tenhamos uma ótima semana, e bons treinos à todos! 



quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Hidratação Certa = Correr Bem



Você sabia que toda reação química que acontece no seu corpo precisa de um líquido precioso? Pois é, estando você em repouso ou não não, toda reação química no seu corpo, depende de: ÁGUA...

Por vezes, corredores durante uma prova tem seus batimentos cardíacos acelerados, sentem tonturas e chegam a desmaiar. Tudo isso ocorre, porque esse corredor ignorou uma das principais preparações, para uma prova: A HIDRATAÇÃO!



Portanto, é essencial a preparação hídrica nos dias que antecedem uma prova. O ideal é que o consumo seja de 35ml de água por quilo de peso, ao dia, exemplo: Um individuo que pese 75 quilos x 35ml = 2.625, portanto esse individuo deve ingerir 2.625 ml de água diariamente, ou seja 2,5 litros de água.

Na véspera da prova, o atleta deve ingerir pelo menos 500ml de água antes de dormir, e logo ao acordar no dia da prova, ingerir mais 500ml, e mais 500ml uma hora da competição.


Alimentos que hidratam, como frutas, chás e afins podem auxiliar na hidratação, porém jamais substituem a água. Temos frutas como a melancia, abacaxi ou o melão, que podem ser ingeridos para auxiliar, mas tome cuidado, o excesso pode causar algum desconforto intestinal. Portanto só consuma alimentos que você esta acostumado e sabe que não lhe trará prejuízo.


Durante a Prova: A sede durante a prova, é sinal de que o corpo esta desidratado. Nas provas acima de 30 minutos( 10 km acima) a ingestão de água deve ser prioritária. As provas que demandam acima de 1 hora, ocorre um desgaste maior do corpo, com a perda de sais minerais, o que passa a ser necessário a ingesta também de isotônico. Mas sempre consulte um nutricionista, pois o isotônico pode trazer prejuízo renal. Eu particularmente, em corridas longas, percebi que ao ingerir o isotônico, sentia fortes dores de estomago. E tenho uma dica valiosa, dada pela minha nutricionista: Na noite que antecede a prova, coloque uma garrafinha de 200ml com água de coco, no congelador, e no dia seguinte leve para a prova, tenha certeza que durante bom período da prova, você terá um isotônico natural e bem geladinho. 

O pós-prova, também é importantíssimo. Pois para cada 500ml de peso perdido, deve-se ingerir 500ml de água. Essa é a conta para reposição.

E de quebra que tal um lembrete: